Blog

Benefícios da laserterapia

O laser é aplicado por fisioterapeutas com o objetivo de acelerar a recuperação das lesões, principalmente as esportivas, é crescente o número de estudos sobre recuperação rápida, de qualidade e eficaz para atletas que sofrem com contusões, estiramentos e lacerações. A laserterapia, no entanto, tem se consolidado como um dos métodos mais promissores.

O procedimento acelera o processo de reparo porque trabalha de forma intracelular, responsável por fazer a ligação da fibra muscular. O laser de baixa potência (LBP) é utilizado pela fisioterapia para promover regeneração ou cicatrização tecidual. O LBP tem sido amplamente aplicado no tratamento de dores musculares e processos inflamatórios, já que promove mudança no estado REDOX celular diante das espécies reativas de oxigênio. O equipamento tem papel fundamental na sustentação das atividades celulares e na promoção dos estados de fotobioestimulação.

Os aparelhos de laser de baixa potência são usados na eletroterapia para o tratamento de doenças, a fim de cicatrizar os tecidos mais rápido, combater a dor e a inflamação.

Para que serve 

O tratamento com laser de baixa potência está recomendado nas seguintes situações: 

  • Dor crônica;
  • Úlcera de decúbito;
  • Regeneração e cicatrização de feridas crônicas;
  • Artrite reumatoide;
  • Osteoartrite;
  • Dor nas articulações;
  • Dor miofascial;
  • Epicondilite lateral;
  • Alterações envolvendo os nervos periféricos. 

O laser é capaz de promover a regeneração dos tecidos, inclusive dos neurônios motores e por isso pode ser usado no tratamento da compressão do nervo ciático, alcançando bons resultados. 

Aplicação

A Associação Mundial de Laserterapia (WALT) recomenda que as densidades de energia utilizadas para o tratamento de lesões musculares contenham os parâmetros entre 2 e 4J, com comprimentos de onda no espectro infravermelho. As técnicas de aplicação são:

  • Pontual;
  • Contato direto com a pele;
  • Contato indireto com a pele;
  • Na borda da lesão.

Normalmente é usado o laser com uma ponteira em forma de caneta que é aplicada sobre de forma pontual sobre a área que deseja tratar, mas existe também um outro cabeçote que permite o uso do laser em forma de varredura sobre a área a ser tratada. Um outro tipo de laser que também pode ser usado para fins estéticos, o laser de CO2 fracionado, por exemplo.

Para complementar o tratamento com o laser de baixa potência geralmente é indicado o uso de outros recursos eletroterapêuticos, exercícios de alongamento, fortalecimento e técnicas manuais, de acordo com a necessidade. 

Para você que necessita de uma recuperação mais rápida, que sente dores e tem dificuldade em conviver com ela, entre em contato com a nossa equipe, temos o prazer de atendê-lo e levar até ti o melhor tratamento de fisioterapia com laser, acesse já www.fisioqualitysaude.com.br e saiba mais.

Open chat